A estudante  Maria Eduarda Stiehler  Ragelo, 13 anos,  moradora da Armação e aluna da 7ª série do Colégio Municipal João Antônio  Pinto, foi a grande vencedora do concurso para  a escolha do mascote da Águas de Penha. A “Jubá”, mascote projetado por  Maria Eduarda, é uma baleia da espécie jubarte estilizada, de chapéu e vara de pescador –  elementos que tem relação direta com a história da cidade, uma antiga armação de caça de baleia. A iniciativa busca estimular a reflexão sobre a importância da água na vida cotidiana e incentivar a participação criativa dos estudantes.

A  vencedora foi conhecida na manhã desta quinta-feira, minutos antes da abertura do desfile alusivo ao Dia da Independência. O concurso recebeu 487 desenhos de estudantes do 6º ao 9º ano das escolas municipais João Batista da Cruz, Rubens João de Souza e João Antônio Pinto, dos quais cinco foram para a final. O nome do mascote foi escolhido pela população em uma lista tríplice compostas pelos nomes Jubá, Poá e Iriri.  Jubá recebeu 99 votos, oito a mais que  Poá, segundo colocado. Em terceiro lugar ficou Iriri com 41 votos.

De acordo com a secretária de Educação de Penha, Suselli Berenisse Anacleto Batista, a participação dos estudantes da rede municipal na escolha do mascote de Águas de Penha é muito importante porque demonstra o envolvimento da concessionária com as ações de interesse da comunidade. “Estamos muito satisfeitos de poder participar deste concurso”, destacou.

Além de ter seu talento reconhecido, a aluna vencedora e o professor responsável foram premiados com um aparelho celular cada um. A partir de agora o mascote será o personagem principal dos programas desenvolvidos pela Águas de Penha.