Moradores da comunidade do Mariscal, em Penha, o presidente do Legislativo municipal, Everaldo Dal Posso, e os vereadores Maurício da Costa (Lito) e Antônio Alfredo Cordeiro Filho participaram da reunião pública do Programa Afluentes em Penha. Realizado pela Águas de Penha, o encontro teve como objetivo debater os serviços prestados pela concessionária e esclarecer as principais dúvidas da comunidade.

Durante o encontro, a coordenadora operacional da Águas de Penha, Fernanda Barreto, apresentou um panorama das obras que estão sendo realizadas na cidade. Conforme Fernanda, o plano de trabalho da concessionária inclui a construção de um reservatório que vai aumentar a capacidade de reservação do município em 2 milhões de litros de água, a setorização do sistema de distribuição e a ativação e abertura de novos poços artesianos. A setorização, por exemplo, visa melhorar a distribuição de água, principalmente nos períodos de aumento do consumo como na temporada de verão.

Fernanda também destacou que a concessionária já protocolou junto à Casan a disposição de auxiliar no quer for necessário para aumentar a capacidade da lagoa de reservação de água bruta da estatal. Enquanto não possuir um sistema próprio de produção e tratamento de água, a Águas de Penha compra água da Casan para distribuir à comunidade.