Para contribuir com a educação socioambiental dos estudantes, a Águas de Penha realizou nesta quinta-feira, dia 9, palestras educativas do Programa Saúde Nota 10 – que substituiu o EMAS – para estudantes da Escola João Batista da Cruz, na Praia de Armação do Itapocorói. A iniciativa da concessionária busca sensibilizar e orientar os alunos quanto a prática de atitudes responsáveis com o meio ambiente, como não jogar lixo na rua, e levar informações sobre os benefícios do consumo de água tratada e o papel que cada cidadão exerce na preservação dos recursos hídricos.

As palestras foram conduzidas pelo biólogo e coordenador de projetos socioambientais da Águas Penha, Luiz Gustavo Marzollo, que a partir de fotos e vídeos e animações direcionadas a crianças de 9 e 10 anos falou sobre o descarte correto de lixo e a responsabilidade individual com o futuro do planeta para estudantes. A ação envolveu a participação de 81 crianças e três professores.

As palestras correspondem ao primeiro eixo do programa Saúde Nota 10 do ano, realizado pela concessionária em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Conforme a professora do 4º ano, Mari Lucia Heiden, a iniciativa da concessionária em desenvolver ações socioambientais em sala de aula é muito positiva, principalmente porque complementa o trabalho que já está presente no conteúdo programático. Além disso, segundo a professora, o fato do Saúde Nota 10 utilizar slides, aumenta a compreensão dos alunos.

Conforme Luiz Marzollo, o Saúde Nota 10 objetiva repassar, de forma lúdica e divertida, informações gerais sobre o papel que cada cidadão exerce na preservação dos recursos hídricos. Os estudantes também recebem informações sobre o uso racional da água e a importância de consumir água tratada. As atividades valorizam a cultura regional por meio de palestras, além da disponibilização de material didático ilustrado e de linguagem acessível.